Aumento casos de crimes de pedofilia na internet durante a pandemia

O último levantamento do Ministério da Saúde mostra que o abuso sexual de crianças e adolescentes não para de crescer. Os dados de 2018 apontam, mais uma vez, que a maioria dos agressores está dentro de casa. Por isso, neste período de isolamento social por conta do novo coronavírus, o promotor Casé Fortes alerta para a prevenção contra os crimes de pedofilia.

Segundo o levantamento do Ministério da Saúde, dois terços dos abusos registrados em 2018 ocorreram dentro de casa. Em 25% deles os criminosos eram amigos ou conhecidos das vítimas, em 23% os autores eram pais ou padrastos.

No período de isolamento social essas estatísticas podem aumentar e a situação é preocupante. De acordo com Casé, neste período cabe aos pais a responsabilidade de intensificar o cuidado com crimes desta natureza, já que as crianças e adolescentes acessam muito mais a internet.

“A responsabilidade do pai ou responsável é muito clara na lei, não existe senha para pai e mãe. O ECA serve para colocar na prática a prioridade absoluta para garantia de direitos da criança e adolescente. No entanto, temos um caminho muito grande a ser percorrido para que essa prioridade seja uma verdade”, destacou.

 

Exibições: 137

Comentar

Você precisa ser um membro de Casé Fortes para adicionar comentários!

Entrar em Casé Fortes

Download da Cartilha

Adquira a CAMISA da campanha

 

ILOJA VIRTUAL "TODOS CONTRA A PEDOFILIA", por Danusa Biasi

https://linktr.ee/tcpbrasil

Membros

Palestra sobre CRIMES DE PEDOFILIA

Entre em contato:
e-mail:
case@viaceu.com.br
telefone
37.3691.3169
Instagram
@case_fortes

© 2021   Criado por Carlos José e Silva Fortes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço