Não consegui encontrar nem um outro título para esta mensagem.

Esta página foi indicada por um amigo, e vendo o material aqui diponível acabei por abrir uma porta de um quarto escuro, o qual a muito tempo venho fingindo não existir, então resolvi me cadastrar.

Gostaria de saber se já foi feito algum estudo no sentido de apurar, qual seria o desejo da vitima em relação a punição a ser aplicada ao pedófilo?

Estou fazendo pesquisa sobre o tema para tentar entender, ou pelo menos ter uma vaga idéia de como um ser humano pode cometer tamanha barbárie. Isso tudo para me sentir menos monstro quando penso no que eu gostaria que acontecesse com eles.

Exibições: 40

Comentar

Você precisa ser um membro de Casé Fortes para adicionar comentários!

Entrar em Casé Fortes

Comentário de ljalmeida (Leandro J. Almeida). em 19 abril 2010 às 1:11
Durma com DEUS, afinal todos presisamos trabalahr amanhã, vou colcoar vc em minhas orações...
Que tenha paz e tranquilidade...
Comentário de Keroline Alves Cardoso em 19 abril 2010 às 1:08
Leandro obrigado pelo conselho.
Tenha certeza que Deus está com você, você é abençoado por ele e sua missão será cumprida.
Abraços.
Comentário de ljalmeida (Leandro J. Almeida). em 19 abril 2010 às 0:37
Não se desespere, também passo por momentos assim, so apra você imaginar...
Ja tive 22% de meu corpo queimado... 17/01/2009
Ja tive minha casa incendiada... 16/07/2009
Ja sofri um "acidente de moto" e perdi meu baço, mas na moto, nenhum arranhão... 10/01/2010
Tem momentos emq ue tenho medo até mesmo de minha sombra...
Mas sei qeu se estou de pé, é porque DEUS existe, e tenho uma missão a cumprir...
O que estou fazendo, chama-se AUTO-BIOGRAFIA, porém, nela seré revelado crimes orendos contra nossas crianças...
Se isto servir para alguma causa em prol das crianças e diversos adultos acometidos dos mesmos crimes, minha missão estará cumprida...
Mas, se eu conquistar ajuda para as 6 crianças, me sentirei ainda masi abençoado por DEUS...

um conselho a você, começe a escrever, particularmente seu sofrimento, sua história, caso deseje relata-la, estara mais facil, e também, atravez disto você tera sofrimento, mas vera que ainda esta de pé, se sentindo forte, afinal, apenas na dor nos tornamos fortes.

Conte comigo, sei o que é se sentir ISOLADO... INCOMPREENDIDO... DESACREDITADO...
Comentário de Keroline Alves Cardoso em 19 abril 2010 às 0:26
Leandro Amo a Deus acima de tudo.
E é axatamente isso que me deixa aguniada, pois não estou conseguindo conviver com o amor que tenho a Deus e um sentimento contrário a lei dele (UMA REVOLTA INCONTROLÁVEL E REPENTINA QUE SE ABATE SOBRE MIM APÓS TANTOS ANOS, UM PAVOR ENESPLICÁVEL, UM MEDO CONTANTE, UMA CONFUSÃO TOTAL, UM REPUDIO AO FATO DE TER QUE TER O SANGUE DELE CORRENDO EM MINHA VEIAS, ESTOU MUITO CONFUSA, DESCULPA, UMA VONTADE DE NUNCA TER EXISTIDO).
Mas por enquanto vamos ficar por aqui, vou continuar acompanhando sua história, e ficar em contato.
Comentário de ljalmeida (Leandro J. Almeida). em 18 abril 2010 às 23:26
DAS VÍTIMAS:
Uns...
Manifestam um sentimento de ódio, revolta, desejo de vingança, ams se sentem impotentes...
Outros...
Se calam, se intimidam, se revoltam contra pessoas que as protegem (descarga do medo e revolta),,,
Eu particularmente... prefio não telo peto de mim.
AMO A DEUS, tento seguir seus ensinamentos, MAS NÂO TENHO SANGUE DE BARATA!!!
E apesar de saber que nada mudaria tal perssonalidade psicótica, poderia ser contaminado pelo ódio que este carrega da humanidade dentro dele e desejar lhe desferir golpes até onde minhas forças se esgotasem...
Em todo os casos, procurar ajuda é a melhor saída...um amigo, além para desabafar...
Conter dentro de sí esta confusão de sentimentos de dor e revolta causa danos ainda maiores a própia vítima, gerando o conhecido porém pouco divulgado DANO PSIQUICO.

MUITO SE FALA EM DANO MORAL!!! O DANO PSIQUICO É MUITO PIOR!!!
Comentário de Keroline Alves Cardoso em 18 abril 2010 às 21:32
Olá Meninamá.
Estou a mais de um mes tentando responder a você de maneira adequada, de maneira que você tente entender a minha preocupação em relação a saber oque as vitímas de pedofilia sentem ou desejam em relação a punição a seus agressores.
Porém não posso fazer você entender isso sem me identificar como uma vítima de pedofilia.
Pois bem a minha perguntar se deve ao fato de que passei parte de minha infancia imaginando que o dia mais feliz de minha vida seria o dia que eu estiver em um velório onde o morto fosse o monstro o qual ainda hj chamo de pai. Hoje tenho trinta e sete anos de idade, e você não tem idéia o quanto me foi caro passar por tudo isso sozinha sem ter com quem conversar, sem ter alguém a quem eu pudesse falar. Hoje tenho filhos, e fico me perguntando porque não gritei aos quatro cantos do mundo tudo que passei. E é por isso que eu vivo tentando resgatar de minha memória o que me fez calar, ando muito confusa com isso. E apriori tenho imaginado muito que possa ser o fato de eu graças a Deus não ter me tornei um montro igual a ele. De minha vaga lembrança sobre isso consigo sentir que na época tudo que queria era que alguém o levasse para longe de mim, imaginava que ele iria morar com Deus, e que apesar de monstruoso não queria que o machucassem. Eu sei que isso parece loucura mais, mas acredito que por mais que eu não soubesse definir os meus sentimentos o próprio núcleo familiar me impôs isso pois ao me rebelar contra ele estaria fazendo isso contra todos de minha familia.
Então acredito que as vítimas precisam falar sobre isso sim, e só vão fazê-lo quando se sentirem seguras de que vão ser protegidas e amparadas.Esse é o sentimento que tenho hoje, coo já te disse estou a procura de esclarecimentos, para quem sabe me entender melhor.
Comentário de ORÁCULO DO DELFUS em 9 março 2010 às 19:57
é mais q óbvio o q as vítimas " pensam " e " desejam " à estes predadores.

o q me incomoda; e muito : " é o q pensam aquelas criançinhas abusadas q mal sabem expressar qlq sentimento ou qdo nem sabem realmente o q está ocorrendo ".

qdo isto acontece eu me pergunto > " perguntar o q e p/ quem ? "

mesmo pq; acho q perguntando " algo " do tipo à alguma criança q tenha noção do acontecido, iria desencadear sentimentos q nenhum psicólogo poderia reverter o q mais ela/e gostaria d esquecer.

as perguntas q temos q fazer ñ seria em relação às vítimas e sim; às autoridades q demoraram muito no combate à este crime!

ai sim poderíamos encontrar nas respostas; a mesma equivalência em relação às vítimas!

um vácuo!

um tormento!

uma tristeza!

a demora no descobrimento; e uma vida d sofrimento!
Comentário de Carlos José e Silva Fortes em 7 março 2010 às 21:29
Excelente pergunta: "qual seria o desejo da vitima em relação a punição a ser aplicada ao pedófilo?"... não tenho conhecimento de alguma pesquisa sobre isso. Mas costumao a fazer essa pergunta às vítimas, qd cabível. A vítima precisa ser lembrada, tratada e ouvida. Todos se preocupam com a persecução ao criminoso, mas entendo q, em primeiro lugar, deve vir o atendimento à vítima. Obrigado pela postagem!

Download da Cartilha

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Adquira a CAMISA da campanha

 

I_M_P_O_R_T_A_N_T_E   (N_O_V_O):

danleros@bol.com.br

DEVIDO AO GRANDE NÚMERO DE SOLICITAÇÕES, A EMPRESA “DANLERO'S”, ATENDERÁ A PEDIDOS DE

C_O_M_P_R_A_S

DE CAMISAS, NO VALOR NECESSÁRIOS À COBERTURA DOS CUSTOS.

SOMENTE DURANTE OS EVENTOS DO MOVIMENTO “TODOS CONTRA A PEDOFILIA” HAVERÁ

S_O_R_T_E_I_O_S DE CAMISAS G_R_A_T_U_I_T_A_S,

REALIZADOS A CRITÉRIO DO PROMOTOR DO EVENTO.

PARA NOVOS PEDIDOS DE COMPRA DE CAMISAS:

Você quer uma camisa da campanha TODOS CONTRA A PEDOFILIA? Ao usar esta camisa você expressa sua INDIGNAÇÃO contra os crimes ligados à Pedofilia, contra o abuso sexual, contra a exploração sexual de crianças e contra a pornografia infanto-juvenil! Faça parte dessa luta!

1 - Se REGISTRE no BLOG;

2 - Envie um e-mail dizendo o ENDEREÇO da entrega e o TAMANHO da camisa para:

danleros@bol.com.br

*** A*T*E*N*Ç*Ã*O ***

 E-MAIL PARA PEDIDOS DE COMPRAS DE CAMISAS:

danleros@bol.com.br

Membros

Palestra sobre a CPI da Pedofilia

© 2019   Criado por Carlos José e Silva Fortes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço