Audiência Pública apresenta Projeto Jandira em Divinópolis - Compromisso com a EDUCAÇÃO


Nesta manhã de segunda-feira, 26, foi realizado no Fórum de Divinópolis, o lançamento oficial do projeto Jandira. O promotor Carlos Fortes junto ao Procurador Geral de Justiça Alceu Torres e a promotora Cláudia Ignez mostrarão a ação do projeto no combate à evasão escolar no dia 11 de junho no auditório da FIEMG.

Projeto Jandira


O projeto idealizado pela promotora Claúdia Ignez, que homenageia sua avó na nomenclatura do programa, há dois anos atua em diversos municípios do país. Para a doutora é preciso ultrapassar os limites da teoria e priorizar a educação. “A perspectiva real nos incentiva a mudar de paradigma para o combate efetivo das mazelas sociais e familiares que interrompem a evolução educativa”. escreve a promotora Ignez no editorial da cartilha explicativa de seu projeto.


O promotor Carlos Fortes explica que, em suma, o projeto visa que as crianças e adolescentes estejam na escola. “O Ministério Público irá fiscalizar junto ao Conselho Tutelar, escolas e familiares que os alunos tenham interesse e se mantenham estudando”, esclarece.

Exemplo de cidadania


O tutor da curadoria da Infância e Juventude de Divinópolis, Dr. Carlos Fortes (Casé), afirma que a educação no Brasil é deficiente desde sua colonização. “Os portugueses demoraram mais de 300 anos para inaugurar a primeira escola do país”, diz o promotor. Casé explica que educação não se limita à alfabetização e domínio do português e matemática básicos.


alt


“As escolas tem muito a oferecer. Aulas de história, geografia, ciências... Não é todo mundo que gosta de estudar, mas ninguém faz apenas o que gosta. Os mais espertos ainda aprendem a ter prazer com o que tem que fazer. Ninguém é burro, a inteligência está na concentração e no aproveito de oportunidades”, enfatiza.


O promotor ressalta que ter alunos na escola não é a única solução para a educação do país. “É preciso aumentar a carga horária dos alunos. Quanto mais tempo na escola, menor será a migração precoce para o trabalho. Mas é preciso valorizar o professor, melhorar a qualidade do ensino, adaptar o ambiente e investir em material educacional”, define Carlos Fortes.


O incentivo político é solução e necessidade para que o país cresça através da Educação. “Investir em educação é um processo de médio a longo prazo, mas não é todo político que gosta disso, gosta do tempo presente”, fala Casé. Enquanto promotor, Dr. Carlos Fortes fala dos direitos do cidadão.


“Educação é uma base que todos têm direito de receber. Inclusive para exercer uma participação política, cidadania, é preciso ser educado.Quem limita a educação de alguém comete um crime contra o indivíduo e contra a sociedade. Afinal uma pessoa mal educada afeta todos ao seu redor.”, afirma. A acomodação e o individualismo de alguns brasileiros também incomodam o representante da comarca de Divinópolis. “Não gosto de quem diz ‘Brasileiro é acomodado, é isso ou aquilo’. Eu sou brasileiro e não sou acomodado. Trabalho e estudo e faço o que preciso fazer”, desabafa.


Por Thamis Leite


FONTE: http://jmagazine.net.br/component/content/article/102-noticiasdesta...

Exibições: 225

Comentar

Você precisa ser um membro de Casé Fortes para adicionar comentários!

Entrar em Casé Fortes

Comentário de Edson Duarte de Medeiros em 25 maio 2010 às 22:40
Ola Casé, que Deus o ilumine e dê força sempre para continuar sua luta e exterminar de vez a monstruosidade pedofilia. A educação é a base para tudo, no pais que prima pela educação de seu povo, uma boa parte de seus problemas é inexistente. O projeto JANDIRA será aṕlicado em todos os municipios? estamos torcendo para que isso aconteça, e dispostos a colocá-lo em prática aqui em Itapecerica,
Um TFA

Edson
Comentário de Carlos José e Silva Fortes em 2 maio 2010 às 12:45

Meus agradecimentos a todas as autoridades que compareceram à reunião de lançamento do PROJETO JANDIRA, Vice-Prefeito de Divinópolis, Secretários das Áreas ligadas à educação, Vereadores e professores - colaboradores indispensáveis. Meus agradecimentos à equipe do Ministério Público de Divinópolis que, com muita competência e zelo - mais que isso, com carinho e dedicação - organizou a reunião. Pela ordem, da esquerda para a direita: Fernanda, Jucileide, Mariana e Elaine (co-autora da cartilha do projeto), além de outros membros da equipe. Carlos Fortes Promotor de Justiça
Comentário de Mônica de Godoy em 27 abril 2010 às 10:46
fico muito feliz em ver que o Projeto Jandira será implantado em nossa cidade!
Parabéns Casé e Elaine pela iniciativa e pelo trabalho!
beijo a vocês!!!

Download da Cartilha

Adquira a CAMISA da campanha

 

ILOJA VIRTUAL "TODOS CONTRA A PEDOFILIA", por Danusa Biasi

https://linktr.ee/tcpbrasil

Membros

Palestra sobre CRIMES DE PEDOFILIA

Entre em contato:
e-mail:
case@viaceu.com.br
telefone
37.3691.3169
Instagram
@case_fortes

© 2021   Criado por Carlos José e Silva Fortes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço