Onde estão as meninas do caso Renna? Dom, 20 de Setembro de 2009 11:56 Parece um jogo. Trinta e um dias após serem flagradas, em um quarto de motel, com o doutor Márcio - nome fictício usado pelo e…

Onde estão as meninas do caso Renna? Dom, 20 de Setembro de 2009 11:56
Parece um jogo. Trinta e um dias após serem flagradas, em um quarto de motel, com o doutor Márcio - nome fictício usado pelo engenheiro e ex-secretário da Prefeitura de Sorocaba, Januário Renna, que se passava por médico durante encontros íntimos -, as três meninas tuteladas pelo Estado, a mando do Ministério Público (as principais testemunhas de um crime que inclui, na principal sustentação da acusação, estupro, atentado violento ao pudor e submissão de crianças à prostituição/exploração sexual) simplemente “sumiram” do conhecimento das autoridades. Um faz-de-conta intrigante. O caso corre na 2.ª Vara Criminal de Itu, sob ‘segredo de justiça’. Assim que foi preso, em 15 de agosto, Renna foi levado pelos policiais do Deic a São Paulo. As três meninas (duas de 14 e uma de 15 anos), que estavam com ele e que residem em Salto, foram entregues ao Conselho Tutelar da Capital. Por estar no plantão judiciário daquele final de semana, o promotor da Infância e Juventude de Sorocaba, Antônio Domingues Farto Neto, arranjou um abrigo para elas: o Centro Integração da Mulher (CIM Mulher), localizado no Jardim Embaixador.
Uma outra menina, de 12 anos, uniu-se às três. Diligências comandadas pelo delegado da Infância e Juventude de Sorocaba, José Augusto de Barros Pupin, localizaram a criança. Posteriormente, outras cinco meninas,
incluindo mais uma criança de 12 anos. As quatro meninas permaneceram no CIM Mulher até o dia 4 de setembro, quando foram transferidas para a Associação Beneficente Refúgio, localizada no Jardim Iguatemi. A informação foi confirmada pela presidente do CIM Mulher, Cíntia de Almeida, e pelo presidente do Refúgio, pastor Carlos Mas. A criança de 12 anos havia retornado ao lar, dias antes, por determinação judicial. No dia 8 de setembro (um dia após o feriado da Independência do Brasil), conselheiras tutelares de Salto foram à Associação Beneficente Refúgio buscar as meninas. O paradeiro atual das menores é incerto.
Obscenidade Segundo informações extra-oficiais, uma das meninas teria tentado fugir do CIM Mulher. Coincidência ou não, uma viatura da Guarda Municipal (GM) passou a ficar 24 horas em frente à entidade, localizada no Jardim Embaixador. Neste mesmo período houve um outro incidente, agora oficial. Outra menina - assim como num jogo - teria praticado “atos que beiraram a obscenidade” defronte a um dos GMs, fato este relatado, em documento, pela funcionária Fernanda Monti, e encaminhado às conselheiras tutelares de Salto.
O Cruzeiro do Sul procurou, durante 10 dias, as autoridades envolvidas com o caso, em busca de informações. Os promotores do Grupo de Atuação Especial Regional para Prevenção e Repressão ao Crime Organizado (Gaerco), do MP, - Wellington dos Santos Veloso e Roberto de Campos Andrade -, que ajudaram a promotora de Itu, Mariane Schimidt, no oferecimento da denúncia contra Renna à Justiça, estão incomunicáveis. O mesmo acontece com o advogado do acusado, Mário Del Cístia Filho. Em Salto, a promotora responsável por abrigar as menores - assim que o inquérito policial foi instaurado pela Polícia Civil contra Renna -, Ana Alice Mascarenhas Marques, disse, ao Cruzeiro, que o caso corre “em segredo de justiça”; por isso, não poderia transmitir nenhum tipo de informação sobre o paradeiro das menores. O mesmo aconteceu com as conselheiras tutelares da cidade, as quais cuidaram da remoção das meninas da Associação Beneficente Refúgio, no último dia 8. Juiz aguarda Na 2.ª Vara Criminal de Itu, o juiz Hélio Furukawa aguarda o pronunciamento do advogado de Renna, Mário Del Cístia Filho. Segundo informações extra-oficiais, o prazo de 10 dias para ele entrar com o pedido de defesa expirou-se. O artigo 8, da Lei 9.034, estabelece 81 dias como prazo máximo para que a pessoa presa, em flagrante, permaneça detida. Após esse período, segundo a lei, “ninguém deve permanecer preso aguardando julgamento”. Hoje completa 31 dias que o ex-secretário permanece preso, ou seja, restariam 50 dias para ele continuar detido ou ser solto.
Pedófilos em Salto Coincidência ou não, após a prisão de Renna, novos casos de pedofilia surgiram em Salto.
Nesta semana, a titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Maria José Duarte, prendeu dois homens (um de 40 e outro de 25 anos), que seriam responsáveis por abusar de um menino e uma menina (um de 9 e a outra de 10 anos). No primeiro caso, um mecânico teria abusado do enteado do irmão, padrasto da criança de 9 anos. Desconfiado, o pai biológico acionou a polícia. O rapaz, que reside no Jardim Santa Cruz, confessou o crime. No segundo caso, a dívida de uma moto levou uma menina de 10 anos a cobrar um homem de 25 anos, a pedido da própria mãe. O rapaz, residente no Jardim São Pedro São Paulo, teria abusado da menor. Ambos estão presos na cadeia de Pilar do Sul. CPI da Pedofilia A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia deve acertar, nesta tarde, a data para ouvir Renna, em Brasília, o que acontecerá, provavelmente, na próxima semana. Ontem, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, em São Paulo, (OAB-SP), Luiz Flávio Borges D’Urso, avaliou, em nota divulgada à imprensa, como “inconstitucional” o projeto de lei de autoria do senador Gerson Camata (PMDB-ES), que submete presos condenados por crime de pedofilia a processo de castração química. A proposta deve ser colocada, hoje, em votação, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. “Precisamos tratar o crime como crime e doença como doença. O projeto de castração afronta a Constituição”, ressaltou D’Urso. O presidente da OAB também criticou pontos do projeto de lei, considerados por ele “equivocados”. D’Urso reconhece que o crime de pedofilia é grave, mas ressalta que o caminho para seu combate deve partir do reconhecimento de que a pedofilia não é uma doença. “Se o preso tem esse desvio, vai voltar a cometer crimes sexuais contra crianças”, afirmou. (Por Gustavo Ferrari) Fonte \/ Cruzeiro do Sul Online
QUEM Ñ SE LEMBRA DA MATÉRIA....BOA LEITURA! E HJ O VELHO C/ CARA D BABÃO FOI LIBERTADO!! \/

\/ 02/02/2010 - 09h23 Justiça concede liberdade a ex-secretário de Sorocaba (SP) acusado de pedofilia Publicidade da Folha Online A Justiça de São Paulo concedeu na segunda-feira (1º) liberdade ao ex-secretário de Administração da cidade de Sorocaba (99 km de São Paulo) Januário Renna, 63, preso desde agosto do ano passado sob acusação de pedofilia. De acordo com o Tribunal de Justiça de São Paulo, o pedido de habeas corpus feito pela defesa de Renna foi julgado ontem, e, por maioria de votos, foi acatado. Januário estava na penitenciária 2 do CDP (Centro de Detenção Provisória) de Sorocaba. Segundo a acusação, o ex-secretário foi localizado em um motel na cidade de Itu (101 km de SP) com três adolescentes --de 14 e 15 anos. A Polícia Civil em Itu afirmou que mais duas meninas menores de 18 anos disseram ter mantido relações sexuais com o ex-secretário. Devido a uma denúncia anônima, o secretário era investigado já há duas semanas pelos policiais do Deic, que efetuaram sua prisão em flagrante. Renna foi exonerado do cargo de secretário após a prisão. Renna é engenheiro e professor da ESAMC (Escola Superior de Administração e Marketing e Comunicação) de Sorocaba. Ele fazia parte da administração de Lippi desde o primeiro mandato do prefeito (2005). \/
TENHO UMA OPINIÃO MEIO Q TLVZ FORA DO CONTEXTO. " SÍNDROME DO PINTO NA COVA! " Ñ SOU DOTADA D HIPOCRESIA CUSPINDO PALAVRAS CTR ESTE JUÍZ OU AOS VOTOS Q DERAM A LIBERDADE Á ESTE VELHO BABÃO ... SE Ñ TIVER SIDO A PRIMEIRA VEZ ( MAIS CORRETO ) PQ ESTE BABÃO FICARÁ SOLTO? COMO PODEMOS TER PESSOAS LIGADAS AO NOSSO GOVERNO Q ABUSAM, ALICIAM E ESTUPRAM CRIANÇAS?? Ñ É POSSIVEL Q ESTE "
PEDÓFILO " TENHA ATENTADO UMA ÚNICA VEZ CTR MENORES E SE FOI; MEU CONCEITO ESTÁ CORRETO PQ ESTES BABÕES SE ACHAM NO DIREITO D EXERCER O EXERCÍCIO FISICO EM CRIANÇAS POR SABEREM Q DTR EM BREVE SEUS ORGÃOS ESTARÃO ENTERRADOS E DEIXANDO Q OS BICHINHOS COMAM O Q D MAIS PODRE DEIXARAM P/ Q ELES CONSUMISSEM.... CREIO Q MUITOS DESTES " SERVIDORES GOVERNAMENTAIS " OS QUAIS SEMPRE LEMOS ESTAREM ENVOLVIDOS EM ASSUNTOS NOJENTOS DESTE TIPO; SÃO DOTADOS D COVARDIA PURA; USANDO SEUS MEIOS SÓRDIDOS; COMO POR EX., " CARGOS GOVERNAMENTAIS " PELA INCAPACIDADE D SE RELACIONAR SEXUALMENTE C/ MULHERES ADULTAS. CLARO Q Ñ SE RELACIONAM... MULHERES ADULTAS GOSTAM D MACHOS!! CRIANÇAS Ñ TEM EXPERIÊNCIA OU DISSERNIMENTO D ESCOLHER MAS NUM FUTURO PRÓXIMO IRÃO SE LEMBRAR Q FORAM ABUSADAS POR ALGUÉM C/ A SINDROME DO PINTO NA COVA! É REVOLTANTE MESMO E EU FALO MESMO!

Exibições: 125

Comentar

Você precisa ser um membro de Casé Fortes para adicionar comentários!

Entrar em Casé Fortes

Download da Cartilha

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Adquira a CAMISA da campanha

 

I_M_P_O_R_T_A_N_T_E   (N_O_V_O):

danleros@bol.com.br

DEVIDO AO GRANDE NÚMERO DE SOLICITAÇÕES, A EMPRESA “DANLERO'S”, ATENDERÁ A PEDIDOS DE

C_O_M_P_R_A_S

DE CAMISAS, NO VALOR NECESSÁRIOS À COBERTURA DOS CUSTOS.

SOMENTE DURANTE OS EVENTOS DO MOVIMENTO “TODOS CONTRA A PEDOFILIA” HAVERÁ

S_O_R_T_E_I_O_S DE CAMISAS G_R_A_T_U_I_T_A_S,

REALIZADOS A CRITÉRIO DO PROMOTOR DO EVENTO.

PARA NOVOS PEDIDOS DE COMPRA DE CAMISAS:

Você quer uma camisa da campanha TODOS CONTRA A PEDOFILIA? Ao usar esta camisa você expressa sua INDIGNAÇÃO contra os crimes ligados à Pedofilia, contra o abuso sexual, contra a exploração sexual de crianças e contra a pornografia infanto-juvenil! Faça parte dessa luta!

1 - Se REGISTRE no BLOG;

2 - Envie um e-mail dizendo o ENDEREÇO da entrega e o TAMANHO da camisa para:

danleros@bol.com.br

*** A*T*E*N*Ç*Ã*O ***

 E-MAIL PARA PEDIDOS DE COMPRAS DE CAMISAS:

danleros@bol.com.br

Membros

Palestra sobre a CPI da Pedofilia

© 2020   Criado por Carlos José e Silva Fortes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço