Padre FÁBIO DE MELO fala da campanha TODOS CONTRA A PEDOFILIA no programa JÔ SOARES. Comentários do Promotor de Justiça CARLOS FORTES

Padre FÁBIO DE MELO fala da campanha TODOS CONTRA A PEDOFILIA no programa JÔ SOARES.

Comentários do Promotor de Justiça CARLOS FORTES

Exibições: 194

Comentar

Você precisa ser um membro de Casé Fortes para adicionar comentários!

Entrar em Casé Fortes

Comentário de Christiano Severo Tostes em 21 novembro 2011 às 11:52

Todos dos direitos da Criança devem ser preservados. É necessário que a divulgação sobre este assunto seja abordado sem reticências para a sociedade, não podemos permitir que as nossas crianças sofram esse tipo de violência, temos que denunciar o agressor para impeça que esse mesmo venha abusar de outras crianças, de outras famílias, pois se não o fazemos certamente esse ficará "livre" e acabará atuando em outras lugares onde provavelmente essa informação ainda não chega. Abraçamos essa bandeira em favor de todas as crianças no mundo. Abraço de seu tio Christiano S Tostes & MárciaAmaralCunha. 

Comentário de Carlos José e Silva Fortes em 21 novembro 2011 às 0:25

E-mail enviado para o Jô Soares durante o programa:

 

Boa noite JÔ!

 

Estou assistindo neste momento sua entrevista com o meu amigo Padre Fábio.

Eu sou o tal Casé, da campanha "Todos contra a Pedofilia", de quem ele falou.

Sou Promotor de Justiça em Divinópolis/MG, Curador da Infância e da Juventude, e fui convidado para trabalhar no grupo de apoio técnico da CPI da Pedofilia, presidida pelo Senador MAGNO MALTA, o que venho fazendo desde abril de 2008.

As camisas dizem "Todos contra a Pedofilia" porque, infelizmente, tem gente que é a favor! Acredite!

Temos várias e várias páginas na internet que estimulam esta prática, que não é doença, mas preferência sexual. Ensinam a assediar crianças (groomig), esconder o caso dos pais e até praticas sexuais explícitas.

Existe até um partido (na Holanda) que visa legalizar a relação sexual com crianças.

Existem excursões turísticas para o Brasil (e outros países) que objetivam turismo sexual pedófilo.

Entre outras coisas...

Aliás, a campanha tem dado certo. Basta olhar os jornais e revistas. O número de casos de abuso sexual cresceu significativamente, não porque ocorram mais, mas porque estão sendo denunciados. (No artigo que te mando tenho algumas estatísticas)

A CPI já conseguiu aprovar uma Lei (11.829/2008), que criminalizou (de vários modos) a pornografia infantil. O que era uma lacuna na nossa Lei. Aliás, de acordo com o FBI, a pornografia infantil na internet movimentou 2 bilhões de dólares em 2007 (p. ex.), eu até estive lá (No FBI, Quantico/VI... sem gastar um tostão do dinheiro público, diga-se de passagem...)

Na operação Carrossel, da PF, várias pessoas foram encontradas com pornografia infantil, mas na época isso não era crime, e deu em nada. A recente operação Turko, também, contra a pornografia infantil (especialmente no Orkut) foi muito mais bem sucedida, graças a essa Lei (11.829/2008), escrita por nós e entregue pessoalmente ao Presidente Lula. Que aliás recebeu um prêmio de personalidade do ano da União Internacional de Telecomunicações (UIT), pelo trabalho do governo na luta contra a pedofilia na internet, por conta da sanção dessa Lei, feita estrategicamente na abertura do “III CONGRESSO MUNDIAL DE ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES”, no RJ.

Várias outras propostas de Lei estão em andamento...

Publicamos uma cartilha “Abuso Sexual Infanto-junvenil, algumas informações para os pais e responsáveis”, escrita por mim, que está sendo distribuída em todo o Brasil e está ajudando muita gente a entender melhor o assunto e defender as crianças e adolescentes.

Mas infelizmente, no mundo todo, na Internet e especialmente no Brasil, tem muita gente que não é contra a Pedofilia... mas a pratica.

A frase (em camisa, adesivo, faixa ou outdoor) é um aviso, expressa nossa indignação e busca estimular o combate e a prevenção ao crime - a defesa da criança!

O que há de mais importante nesse mundo é a criança, Somente uma vez o termo “absoluta prioridade” foi utilizado na Carta Magna, e o foi no artigo 227 quando estabelece, entre os deveres e objetivos do Estado, juntamente com a sociedade e a família, de assegurar a crianças e adolescentes os direitos à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à dignidade e ao respeito, dentre outros.

Comentário de Carlos José e Silva Fortes em 21 novembro 2011 às 0:24

Os crimes ligados à pedofilia (estupro, atentado violento ao pudor, prostituição infanti, pornografia infantil, etc.) ofendem em cheio todos os direitos da criança e do adolescente: A criança que é vítima de pedofilia tem evidentemente desrespeitados seus direitos à saúde (uma vez que agredida fisicamente pelo abuso sexual), à vida, à dignidade, ao respeito e à liberdade. A criança que é vítima de pedofilia tem atacada drasticamente sua auto-estima, via de regra se torna depressiva e apresenta seqüelas para toda a vida, tendo atingidos, pois, seus direitos à saúde (também mental), à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização e à cultura. Além disso, as estatísticas mostram que há enorme tendência de que o abusado na infância se torne um abusador na idade adulta.

Por tudo isso sou contra a Pedofilia... e venho lutando em favor da criança.

Também sou contra o câncer de mama (até tenho a camisa do "alvo"), mas ninguém e a favor mesmo né? Rss...

Mas ser contra a Pedofilia é mais difícil... envolve luta e dor. Tristeza ao se deparar com a miséria humana. Alegria ao salvar ou recuperar uma criança.

Padre Fábio e muitas outras pessoas (famosas ou não) vem ajudando nessa luta.

Se tiver um tempinho, leia o artigo que mando em anexo. Visite os sites.

Um grande abraço!

Do seu admirador...

 

Casé

Download da Cartilha

Adquira a CAMISA da campanha

 

ILOJA VIRTUAL "TODOS CONTRA A PEDOFILIA", por Danusa Biasi

https://linktr.ee/tcpbrasil

Membros

Palestra sobre CRIMES DE PEDOFILIA

Entre em contato:
e-mail:
case@viaceu.com.br
telefone
37.3691.3169
Instagram
@case_fortes

© 2021   Criado por Carlos José e Silva Fortes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço