ESTATÍSTICAS RELATIVAS A PEDOFILIA – ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL


VEJA TAMBÉM ESTATÍSTICAS EM DIVINÓPOLIS/MG: http://www.divinews.com/cidade/cultura/8384-pedofilia-em-divinopoli...


Atualmente observamos através da mídia (TV, jornais, filmes, palestras, etc.) um grande aumento das notícias sobre abuso sexual, exploração sexual e pedofilia.

É primordial proteger a criança e o adolescente brasileiros do abuso sexual e da exploração sexual, crimes ligados à Pedofilia, especialmente considerando que seus direitos (da criança e do adolescente) são a prioridade absoluta do Brasil, conforme estabelecido no artigo 227 da Constituição Federal.


CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

Art. 227. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão. (grifo nosso)


A criança que é vítima de um crime ligado à pedofilia tem evidentemente desrespeitados seus direitos à saúde (uma vez que agredida fisicamente pelo abuso sexual), à vida, à dignidade, ao respeito e à liberdade. A criança que é vítima de pedofilia tem atacada drasticamente sua auto-estima, via de regra se torna depressiva e apresenta seqüelas para toda a vida, tendo atingidos, pois, seus direitos à saúde (também mental), à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização e à cultura. Além disso, as estatísticas mostram que há enorme tendência de que o abusado na infância se torne um abusador na idade adulta.

Hoje, há quase dois anos trabalhando junto a CPI da Pedofilia, vejo que, infelizmente, todos os tipos de violência sexual (seja o abuso ou a exploração sexual, através de prostituição infantil; estupro; produção, distribuição e uso de pornografia infantil; internet grooming; incesto, etc.) grassam em nosso país e no mundo... e no Brasil ainda não temos todos os meios, ou meios realmente eficazes para realizar a devida proteção da sociedade, através de prevenção e repressão.

Observamos que em locais onde a pobreza e a falta de instrução imperam é comum vermos crianças vendidas para uso sexual de adultos depravados; mães que levam as filhas (crianças e adolescentes) à prostituição; pais que estupram filhas; agenciamento de crianças à partir dos cinco anos de idade para o prazer sexual de pedófilos criminosos; leilão de crianças e virgens em bordéis; excursões de estrangeiros que vem ao Brasil para turismo sexual...

Mas é bom que se ressalte que o abuso sexual acontece em todas as classes, credos e níveis intelectuais: há vários casos de médicos que abusavam de pacientes; líderes religiosos (Padres e Pastores) que abusavam de fiéis; Pais-de-santo que usavam de sua posição para manter relação sexual com meninos e meninas; funcionários públicos graduados que distribuiam pornografia infantil pesada, usando computadores do serviço público; conceituados pais de família que abusavam de seus filhos e filhas, sob o silêncio das mães; etc.

O Hospital Pérola Byington de São Paulo/SP (onde estive há poucos meses), que é o maior centro de atendimento de vítimas de violência sexual (não só crianças e adolescentes, mas também homens e mulheres), nos apresenta algumas estatísticas realmente estarrecedoras.

Embora tais estatísticas, sejam baseadas em atendimentos feitos no Estado de São Paulo, refletem uma situação vivida em todo o Brasil, como pudemos observar durante as diligências da CPI da Pedofilia, realizadas em vários estados:





Na cidade de Divinópolis/MG, onde exerço o cargo de Promotor de Justiça, temos as seguintes estatísticas originárias do Serviço de Enfrentamento à Violência, Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes:



MAS SERÁ QUE TEM REALMENTE AUMENTADO A OCORRÊNCIA DE CASOS DESSA NATUREZA?

NA REALIDADE O QUE AUMENTOU FOI A REVELAÇÃO E O CONSEQÜENTE COMBATE AOS CRIMES LIGADOS A PEDOFILIA.


Felizmente na atualidade, especialmente nos anos de 2008 e 2009, em nosso país, os crimes ligados a pedofilia tem tido maior divulgação e repressã. No passado recente, muitas vezes costumavam a ficar abafados e eram jogados para o esquecimento.

Dois fatores concorreram para a maior “revelação”, ou “aparecimento”, na atualidade, dos casos de crimes de pedofilia:

.A maior difusão do uso da Internet, que deu aos pedófilos a falsa impressão de anonimato, permitindo uma aproximação relativamente mais fácil e segura de suas vítimas – relativamente, porque já existem os meios eficazes de investigação;

.A campanha “TODOS CONTRA A PEDOFILIA” (da CPI da Pedofilia), a campanha “PROTEJA NOSSAS CRIANÇAS” (do Governo do Estado de MG), e outras campanhas no mesmo sentido, as quais estimularam as pessoas a denunciarem os crimes cometidos.


Diante dessa realidade passamos então a trabalhar com a CPI da Pedofilia em três frentes principais: a produção legislativa (novas Leis propostas e já aprovadas, como a Lei 11.829/2008 – Lei da Pornografia Infantil), a conscientização da população (Campanha Todos Contra a Pedofilia, eventos, palestras, cartilhas, etc.) e o estudo e apuração de casos específicos (Audiências Públicas por todo o país).

A criança e o adolescente são o que há de mais importante neste mundo, depois de Deus. Essa importância é evidente e tem suas bases, não somente em convicções religiosas, morais, éticas ou sociais, mas até mesmo biologicamente é preponderante o instinto de perpetuação da espécie, que gera a necessidade premente de reprodução e proteção da prole, ou seja, dos nossos filhos: de cada criança e cada adolescente.

A Lei, como fruto da vontade do povo, no Estado Democrático de Direito – como no Brasil – não poderia estabelecer de forma diferente e por isso mesmo a Constituição Brasileira – nossa mais importante Lei – elegeu como a prioridade das prioridades o direito da criança e do adolescente.

Somente uma vez o termo “absoluta prioridade” foi utilizado na Carta Magna, e o foi no artigo 227 quando estabelece, entre os deveres e objetivos do Estado, juntamente com a sociedade e a família, assegurar a crianças e adolescentes os direitos à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à dignidade e ao respeito, dentre outros.

Considero que é preciso, com urgência, que se dê, de fato, a “absoluta prioridade” a criança e ao adolescente, conforme definido na Constituição Federal e conforme mandam a mente e o coração de toda pessoa de bem.

Garantir a observação dos direitos da infância e da adolescência é o único meio seguro e perene de garantir o progresso, a evolução e melhoria de vida para todas as pessoas. É investir no futuro.

Combater os crimes de pedofilia – que atingem diretamente todos os direitos da criança e do adolescente – é, em primeiro lugar, proteger a vítima, especialmente através do esclarecimento, da prevenção e do combate incansável ao criminoso.


Carlos José e Silva Fortes
Promotor de Justiça - Ministério Público de Minas Gerais
Curador da Infância e da Juventude - Divinópolis/MG
CPI da Pedofilia - Senado Federal
case.fortes@uol.com.br

Exibições: 13406

Tags: Carlos Fortes, Magno Malta, Pedofiilia, criança, direitos, estatísticas

Comentar

Você precisa ser um membro de Casé Fortes para adicionar comentários!

Entrar em Casé Fortes

Comentário de Alaíde Almeida em 13 julho 2011 às 18:59

Caríssimo,

Estou feliz em saber que tenho feito algo maravilhoso de ser visto. Inicia amanhã dia (15.07.2011)uma longa jornada "Que o SENHOR DOS EXÉRCITOS seja o meu comandante e eu uma fiel guerreira até o fim"

Início da I CONFERENCIA INTERMUNICIPAL   todoscontraapedofilia DOS 18 MUNICÍPIOS DA BAHIA .

Abertura

Palestra na escola : MOISÉS RIBEIRO GAMA

PALESTRANTE: DR. RODRIGO REIS E ALAIDE ALMEIDA

ACOMPANHANTE: JÁNISON ( Conselheiro do Conselho Tutelar da Infância e juventude)

At,

Alaíde Almeida

Protetora da Infância
Comentário de MARIO GIL GUIMARAES em 25 novembro 2010 às 19:34
PARABÉNS PELO BELO TRABALHO. ENTENDO MUITO BEM A EXTENUANTE E DIFICULTOSA LUTA, PORÉM RECOMPENSADORA, DE COMBATE A PEDOFILIA, POIS SOU O COORDENADOR DE UM PROJETO AQUI NO DISTRITO FEDERAL DENOMINADO TODOS CONTRA A PEDOFILIA NO DF, QUE É REALIZADO ATRAVÉS DE PALESTRAS ORIENTATIVAS, PRINCIPALMENTE, EM ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES, MAS TAMBÉM EM CRECHES, ASSOCIAÇÕES CULTURAIS, INSTITUIÇÕES, IGREJAS, ETC. ENFIM, TODO E QUALQUER LUGAR ONDE POSSAMOS LEVAR A LUTA DE COMBATE A PEDOFILIA E A QUALQUER FORMA DE VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A CIRANÇA E O ADOLESCENTE.
CONVIDO-O A VISITAR O NOSSO BLOG:www.todoscontraapedofilia.blogspot.com.
PARABÉNS!
MÁRIO GIL
Comentário de Marina Machado Sousa em 21 janeiro 2010 às 12:59
É uma pena q a grande maioria não veja esse aumento da estatística, como resultado de uma campanha incessante, q visa o "extermínio" dessa realidade cruel..mas ao mesmo tempo, busca q denúncias sejam feitas...q as pessoas não se omitam!! Pois é dessa forma q poderemos pensar q essa rede de "destruição" seja vencida!!
Ainda bem q existem pessoas como vc, q lutam por justiça...
Q Deus te abençoe sempre! =)

Download da Cartilha *NOVA 2013*

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Adquira a CAMISA da campanha

 

I_M_P_O_R_T_A_N_T_E   (N_O_V_O):

danleros@bol.com.br

DEVIDO AO GRANDE NÚMERO DE SOLICITAÇÕES, A EMPRESA “DANLERO'S”, ATENDERÁ A PEDIDOS DE

C_O_M_P_R_A_S

DE CAMISAS, NO VALOR NECESSÁRIOS À COBERTURA DOS CUSTOS.

SOMENTE DURANTE OS EVENTOS DO MOVIMENTO “TODOS CONTRA A PEDOFILIA” HAVERÁ

S_O_R_T_E_I_O_S DE CAMISAS G_R_A_T_U_I_T_A_S,

REALIZADOS A CRITÉRIO DO PROMOTOR DO EVENTO.

PARA NOVOS PEDIDOS DE COMPRA DE CAMISAS:

Você quer uma camisa da campanha TODOS CONTRA A PEDOFILIA? Ao usar esta camisa você expressa sua INDIGNAÇÃO contra os crimes ligados à Pedofilia, contra o abuso sexual, contra a exploração sexual de crianças e contra a pornografia infanto-juvenil! Faça parte dessa luta!

1 - Se REGISTRE no BLOG;

2 - Envie um e-mail dizendo o ENDEREÇO da entrega e o TAMANHO da camisa para:

danleros@bol.com.br

*** A*T*E*N*Ç*Ã*O ***

 E-MAIL PARA PEDIDOS DE COMPRAS DE CAMISAS:

danleros@bol.com.br

Membros

Palestra sobre a CPI da Pedofilia

© 2014   Criado por Carlos José e Silva Fortes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço