Chicão Bedin:1º Fórum de Combate à Pedofilia em Sorriso

O 1º Fórum em Sorriso vai discutir ações de combate à pedofilia. Uma questão que precisa ser encarada com muita atenção, pois esse tipo de crime pode acontecer dentro da família, na porta da escola. Lugares onde se imagina que as crianças deveriam encontrar segurança.
O diretor do portal Todos Contra a Pedofilia MT,João Batista de Oliveira.é o coordenador deste grande evento em Sorriso. jovens de várias escolas vão se fizer presente.
Durante o seminário cada instituição poderá mostrar o que faz no contexto da pedofilia. O
Qualquer caso ou suspeita precisa ser avaliado e denunciado para os órgãos competentes. E depois de certificado que o fato ocorre cada caso tem uma atenção especial.
Os números chegam ao Ministério Público e o município de Sorriso tem uma característica que aumenta a possibilidade de pedofilia. A cidade é cortada por várias rodovias importantes.
O diretor do Portal Todos Contra a Pedofilia MT,João Batista de Oliveira esclareceu vários conceitos relacionados à pedofilia: o desejo sexual por crianças ou adolescentes.  A preocupação é grande em MT realiza desde 2009  MT de Mãos Dadas Contra a Pedofilia. Nesse programa os jovens são orientados até mesmo para ajudar a detectar o problema nas escolas.
Combate à pedofilia tem aprovação do Prefeito de Sorriso
População diz que diretor do portal “Todos contra a pedofilia MT” está no caminho certo
“As nossas crianças têm que ser preservadas desses pedófilos, cujo lugar deles e demais criminosos é na cadeia”, disse João Batista.
O prefeito municipal de Sorriso, Chicão Bedin, numa rápida conversa informal com o diretor do Portal Todos Contra a Pedofilia MT, João Batista de Oliveira,garantiu apoio irrestrito ao combate a pedofilia e às drogas e a valorização da vida, em seu mais amplo sentido, e destacou a defesa da família como prioridade absoluta para o bem estar da sociedade saudável.
"É imprescindível, para todos nós, ter o apoio do prefeito Chicão Bedin e da sua esposa nesse momento. Combater as drogas, a pedofilia e os desvios de conduta são tarefas que precisamos cumprir diariamente, daí a importância da união entre as forças políticas de Sorriso", defendeu João Batista. Diretor do Portal Todos Contra a Pedofilia MT, o maior ativista na luta contra a pedofilia em MT e lembrou-se da importância de ações conjuntas para combater o problema. "Sabemos da dificuldade em combater a pedofilia, mas o prefeito de Sorriso pode ajudar e muito na rede de atendimento às vítimas", lembrou.
O diretor do portal que tem encontro marcado com a primeira dama de Sorriso e secretaria municipal de assistência social, Vivyane Bedin, lembrou que "A família estruturada reflete uma sociedade também estruturada, por isso não podemos permitir nenhuma ameaça a esta estrutura divina". O diretor cobrou mais investimentos nas clínicas para dependentes químicos no estado. "As unidades terapêuticas religiosas estão sozinhas nesta luta. A medicina não tem leitos suficientes e nem medicamento eficaz para recuperar dependentes. Criaram muitos obstáculos paras as entidades filantrópicas que fazem este beneficio à sociedade.
“Chicão Bedin deu boas vindas ao diretor do portal todos contra a pedofilia MT: “Somos todos irmãos NESSA LUTA CONTRA A PEDOFILIA”, e afirmou que o Governo Municipal tem  ouvido todos os setores organizados da sociedade em busca de bem estar para a população.” AIDS, drogas e alcoolismo são exemplos de doenças que precisamos combater com ajuda da família. Por isso, com toda certeza, este encontro do diretor do portal todos contra a pedofilia MT é fundamental para consolidar o conceito de que sozinho não encontraremos a solução definitiva”, afirmou.
Pedofilia, crime que deixa marcas profundas
Pedofilia, uma palavra grega que em seu significado geral se defini como: afeição, atração, amor, amizade. Tornou-se uma agressão sexual violenta dirigida a inocentes e indefesas crianças.
Clinicamente pedofilia é considerada uma parafilia, ímpeto sexual intenso e recorrente, assim como masoquismo, sadismo, entre outros. É uma perversão sexual, um distúrbio psíquico que se caracteriza pela obsessão por praticas sexuais com crianças. O quadro é totalmente compulsivo de causas desconhecidas, apesar de alguns autores considerarem a perversão causada por traumas e sofrimentos na infância.
O tratamento apresenta baixos resultados positivos e de longa duração, a terapia cognitiva comportamental vem se destacando nas associações de fantasias sexuais sendo confrontadas com as conseqüências legais e sociais, associando o comportamento pedofílico a atos considerados indesejáveis.
Pesquisas demonstram que 80% dos casos de abuso sexual de crianças acontecem na intimidade do lar, cometido por pais, padrastos, vizinhos e pessoas próximas.
Atualmente a internet vem sendo um paraíso para os pedofilos, inclusive com códigos para se comunicarem, é necessário estarmos atentos e dialogar com as crianças sobre pedofilia, assim como orientação sexual e drogas. Nem todo caso de estupro contra criança é cometido por pedofilos muitas vezes isso ocorre com pessoas perturbadas e com outros distúrbios que desencadeia na criança por ser no momento a vitima mais fácil.
Existe a campanha “MT de Mãos Dadas Contra a Pedofilia”, é necessário a sociedade tomar conhecimento e denunciar sempre, a lei brasileira ainda é branda sobre este assunto. Nos Estados Unidos existem prisões exclusivas para tratamento por tempo indeterminado, muitos casos pela vida toda. Faz-se necessário expulsar esses pedofilos da sociedade e assim preservar as crianças para uma sociedade mais saudável e digna.
Boa pergunta
O novo presidente da ONG MT Contra a Pedofilia, João Batista de Oliveira, está em pé de guerra com políticos e comunicadores que se diziam contra pedofilia e, agora, segundo ele, sumiram do mapa. Ele diz que, em período eleitoral, muitas pessoas levantaram a bandeira contra a pedofilia mas, passado o pleito, os "defensores" da causa desapareceram e questiona: "Onde estão professores, radialistas, ex-vereadores e os atuais, além de ex-deputados e também os atuais, que içaram a bandeira contra a pedofilia no ano passado"? Será que não pode na hora da distribuição da mídia aos sites e jornais (banner) incluir este portal que defende uma causa tão nobre, questionou o diretor do Portal Todos contra a pedofilia MT. Boa pergunta!.

 

Exibições: 100

Comentar

Você precisa ser um membro de Casé Fortes para adicionar comentários!

Entrar em Casé Fortes

Download da Cartilha

Adquira a CAMISA da campanha

 

ILOJA VIRTUAL "TODOS CONTRA A PEDOFILIA", por Danusa Biasi

https://linktr.ee/tcpbrasil

Membros

Palestra sobre CRIMES DE PEDOFILIA

Entre em contato:
e-mail:
case@viaceu.com.br
telefone
37.3691.3169
Instagram
@case_fortes

© 2021   Criado por Carlos José e Silva Fortes.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço